10 filmes que Hollywood não nos deixa ver

0

Quando foi anunciado que The Interview já não seria exibido, juntou-se a um raro grupo restrito de filmes que foram suprimidos do grande público. Embora seja extremamente raro um filme ser permanentemente arquivado, isso já aconteceu no passado, quer seja por problemas com os direitos de autor ou por vergonha de alguém. Aqui estão 10 filmes retirados de circulação pelos estúdios que os criaram.

1. The Day the Clown Cried (1972)

De todos os filmes não lançados, este é o caso mais notório. É uma trágico-comédia bizarra, na qual o realizador Jerry Lewis interpreta um palhaço de circo que entretém crianças num campo de concentração nazi. Nunca foi lançado, em parte, por causa de uma disputa entre financiadores, mas diz-se que foi sobretudo por causa da insatisfação do realizador com o produto final. Jerry Lewis falou há pouco tempo sobre ele, afirmando que existe apenas uma cópia, bem escondida, e que assim permanecerá.

Nunca será possível assistir a este filme, apesar de existirem filmagens das gravações no Youtube.

2. Skatetown, U.S.A. (1979)

O ator Patrick Swayze fez a sua estreia no cinema com este filme no papel de um skater dançarino. Com um orçamento muito baixo, nunca chegou a estrear, provavelmente devido a problemas de direitos de autor, por causa da banda sonora repleta de sucessos dos anos 70, mas também muito por ser um filme demasiado mau. O ator Scott Baio, que também contracena no filme, afirmou numa entrevista que retirou esse filme da sua memória por ser tão mau.

Apesar de não ter estreado, é possível ver trechos do filme na Internet. A Sony publicou no Youtube uma lista onde é possível assistir por partes ao Skatetown, U.S.A.

3. Cocksucker Blues (1972)

Este é um documentário sobre os Rolling Stones, realizado pelo fotógrafo Robert Frank. O seu filme envergonhou a banda através do olhar sincero sobre a vida de consumo de drogas e sexo em grupo que existia nos bastidores. Os Rolling Stones tentaram eliminar este filme desde que foi concluído e utilizaram, com sucesso, os tribunais para obter uma ordem judicial a proibir a exbição.

Não é possível, ainda hoje, assistir a este documentário. Apenas alguns fragmentos do filme de 93 minutos foram divulgados em DVD e publicados no Youtube.

4. Song of the South (1946)

Apesar de conter um música lançada em 1946, que figura nas listas das mais populares da Disney, “Zip-a-Dee-Doo-Dah”, e personagens que ainda existem hoje nos parques temáticos da empresa, este filme de animação foi retirado de circulação na década de 80. A sua imagem dos sulistas afro-americanos foi controversa desde o momento em que foi lançado, e a discussão à sua volta forçou a Disney a retirá-lo do seu catálogo.

Ainda é possível ver este filme pois a Disney divulgou de forma não oficial algumas cópias e circulam versões em DVD. E claro, se existem versões em DVD, surgem também, de tempos em tempos, versões integrais no Youtube, que rapidamente são retiradas por reivindicação dos direitos de autor.

5. Don’s Plum (2001)

Em 1995  Leonardo DiCaprio e Tobey Maguire concordam em aparecer numa curta metragem de R.D. Robb’s chamada Saturday Night Club. Mas quando Robb torna a curta metragem numa longa metragem, os problemas legais surgem e o filme apenas ganha autorização legal para ser exibido fora dos Estados Unidos e Canada.

É possível assistir a algumas cenas de Leonardo DiCaprio no Youtube e existem cópias a circular pela Internet.

6. Frat House (1998)

Antes de realizar filmes como Dias de Loucura ou A Ressaca, Todd Phillips faz um documentário sobre uma fraternidade universitária para a HBO. Nunca foi emitido porque surgiram alegações, por parte dos membros da fraternidade, que as imagens tinham sido falsificadas e manipuladas. Phillips negou mas os rumores bastaram para o retirar do ar.

Neste momento, é possível assistir ao documentário completo no Youtube.

7. Roger Corman’s The Fantastic Four (1994)

Stan Lee, o criador das personagens de banda desenhada da obra “The Fantastic Four” da Marvel , afirmou numa entrevista em 2005 que o realizador alemão Bernd Eichinger fez este filme de baixo orçamento para ganhar os direitos sobre as personagens. Apesar de Bernd Eichinger ter negado esta intenção, é verdade que o filme original nunca acabou por ser publicado e este realizador acabou por ficar associado à FOX na produção do filme Quarteto Fantástico de 2005.

Apesar do filme nunca ter sido publicado, foram divulgadas cópias e existem filmes à venda em alguns locais na Internet. No Youtube, é possível assistir a porções do filme.

8. The Brave (1997)

Também conhecido pelo único filme realizado por Johnny Depp, este drama deprimente tem Depp no papel de um alcoólico falido que aceita ser morto com o objetivo de conseguir dinheiro para a sua mulher e filhos. Estreou no festival de Cannes e chegou a ser lançado mundialmente mas, pela sua qualidade, nunca apareceu em qualquer cinema, clube de vídeo ou televisão.

Apesar do filme ter praticamente desaparecido, ainda existem por aí algumas cópias que podem ser adquiridas online e também algumas partes para serem vistas no Youtube.

9. Superstar: The Karen Carpenter Story (1987)

Esta é uma biografia não autorizada da história de Karen Carpenter’s com o grupo musical Carpenter’s.  Fala-nos da anorexia de Karen devido ao stress, falta de controlo e baixa auto estima. Realizado pelo realizador Todd Haynes, que viria a ser galardoado com um Óscar por Longe do Paraísoé divulgado em alguns festivais, mas a falha na obtenção dos direitos pelas músicas utilizadas e uma ordem de tribunal colocada por Karen Carpenter’s, impediu que fosse exibido em qualquer formato.

Neste momento, é possível assistir ao filme completo no Youtube.

10. Nothing Lasts Forever (1984)

Este filme a preto e branco, sobre o diretor da SNL, foi censurado pela MGM e nunca chegou a ser exibido. A justificação dada diz que é um filme demasiado forte, demasiado pretensioso e que não contém qualquer interesse artístico. Oficiosamente, diz-se que os problemas surgiram devido à não autorização de Schiller em divulgar esta história.

O filme ainda é exibido em alguns festivaise, de tempos a tempos, surge uma versão no Youtube que rapidamente é retirada.

São estes os filmes que falharam no momento de serem exibidos. Se conhecerem mais algum, partilhem-no connosco nos comentários.

Share.

Leave A Reply